A IMPORTÂNCIA DO PODER DE DECISÃO NA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL



Os desafios, as oportunidades e as tomadas de decisão são fatos constantes do dia a dia de todos nós. Basta observarmos o nosso cotidiano. Podem ser os questionamentos mais simples como “ir ou não na academia”, “dormir mais cedo e acordar mais disposto ou ficar acordado até tarde”, “comer ou não sobremesa”, “aceitar um convite ou não”, “cuidar da sua saúde mental ou deixar para ver o que acontece” e assim por diante.

Obviamente, algumas decisões são mais complexas, tais como “comprar uma casa ou não”, “ter filhos ou não”, “trocar de emprego ou ficar na zona de conforto”, “abrir um empreendimento ou não”, “mudar de carreira”, “aceitar uma vida com mais qualidade e abrir mão de algumas recompensas que geram uma falsa felicidade” entre outros.

O poder de decisão é essencial para manter a saúde física e mental, mas nem sempre é uma tarefa fácil.

Em situações mais complexas, “bater o martelo” exige tempo, discernimento e análise. Além disso, em alguns casos as consequências podem ser altamente prejudiciais. Mesmo assim, uma coisa é certa: é preciso ter determinação!

Quando deixamos de decidir entregamos a nossa vida ao acaso.

Claro que existem momentos que ocorrem por conta de fatores externos, tais como a morte de um ente querido, uma demissão inesperada, a mudança de cidade de alguém próximo, uma oportunidade que esperávamos tanto e que por algum motivo relaxamos e esta foi destinada para algum colega. Mesmo em condições como essas, cada ser humano é responsável pelo próximo passo e este só acontece quando se exerce o poder de decisão.

Apesar da necessidade de se tomar uma decisão, muitas pessoas escolhem o caminho oposto. Isso pode ocorrer por diversos motivos, como:

  • Falta de atenção para determinada situação;

  • Preocupação com o impacto que a decisão pode causar;

  • Medo de se arrepender;

  • Influência de amigos, familiares e colegas de trabalho;

  • Questões culturais como fatores limitantes;

  • Foco apenas nas consequências negativas e no fato de ter que lidar com as emoções negativas que podem surgir decorrentes da ação;

  • Rotina agitada;

  • Prioridade ao prazer imediato.

Causas como essas podem ser determinantes para que você não tome uma decisão em diversas situações. Apesar de parecer frustrante, muitas pessoas preferem viver na zona de conforto.

Por que usar o poder de decisão?

A verdade é que, quando temos poder de decisão, abrimos um leque de novas experiências, sensações, ideias e sentimentos, tudo depende de nós mesmos. Uma pessoa possui poder de decisão quando:

  • Pratica o autoconhecimento e, por isso, entende o que faz ou não sentido fazer;

  • Visualiza o processo como um todo;

  • Não precipita nenhuma das etapas para se decidir;

  • Não se deixa levar pela emoção, seja ela negativa ou positiva;

  • Busca informações para se embasar;

  • Consegue tirar reflexões poderosas durante o processo de julgamento;

  • Possui inteligência emocional para lidar com as possíveis adversidades do decreto;

  • Consegue formular meta e objetivos alcançáveis;

  • Não responsabiliza outras pessoas e age por si só.

Quando uma pessoa pratica o seu poder de decisão, ela aumenta a sua visão sistêmica(visão do todo), segurança e autoconfiança, além de se tornar mais flexível e criativa perante as circunstâncias, aumentando assim, sua qualidade de vida.

Coachtherapia ajuda a desenvolver o poder de decisão por ser um processo que utiliza técnicas assertivas, ferramentas efetivas e perguntas que auxiliam a desenvolver o seu poder de decisão. A metodologia tem o poder de transformar a sua vida de maneira positiva.

É muito importante que você tenha em mente que não adianta não colocar o seu poder de decisão em prática para evitar a dor. Quando você menos esperar, em algum ponto da sua trajetória você se verá de frente para as decisões que não tomou e se perguntará: “E se eu tivesse tomado uma decisão?”.

Mas aí será tarde demais. Por isso, não sinta medo de ter poder de decisão, não se prive de viver experiências (até mesmo as ruins) não perca oportunidades, não fuja e não se deixe influenciar. Confie em você, realize seus sonhos, atinja as suas metas e assuma o controle da sua vida.” Viva com Propósito!

#determinação #autocontrole #crençaslimitantes #desenvolvimentohumano #carreira #desenvolvimentopessoal #autoconhecimento #realizaçãopessoaleprofissional #gestãodepessoas #coaching #equipe #propósito #autoestima #sucesso #psicologiapositiva #líder #qualidadedevida #pessoas

Posts Em Destaque