O Modelo PERMA


Para a maioria das pessoas, a felicidade plena é algo impossível de se alcançar. Porém, a Psicologia Positiva sugere que a felici­dade é alcançável sim, bem como o resultado natural da construção de nosso bem-estar e a satisfação com a vida.

Martin Seligman pai da Psicologia Positiva dedicou-se por muitos anos a desenvolver a Teoria da Felicidade, do modelo PERMA para a construção do bem-estar.

Ele estabeleceu um modelo de cinco lados de bem-estar, chamado PERMA que consiste em:

Positive Emotion (Emoção Positiva);

Engagement (Compromisso/Engaja­mento);

Relationship (Relacionamentos);

Meaning (Significado ou Propósito) e

Accomplishment (Realizações).

O modelo PERMA ajuda a aumentar o seu bem-estar por meio da combinação destes 5 elementos, que somados formam uma base sólida sobre a qual podemos construir uma vida feliz e próspera, estabelecendo relações de apoio e amizade, o cumprimento de metas, e sermos verdadeiramente envolvidos com a vida.

Além disso, nutrir essas experiências em crianças pode ajudá-las a ir além de “sobreviver” e realmente “prosperar” na vida.

Conheça cada uma das etapas:

Positive Emotion (Emoção Positiva)

As nossas emoções positivas estão nos mais variados elementos que compõem a felicidade e bem-estar.

Vamos começar por distinguir en­tre o que é prazer e o que é diversão.

O prazer se relaciona com a satisfação das necessidades físicas: como a fome, a sede, ou tirar um longo sono depois de um dia difícil, já a diversão vem de estímulos intelectuais e da criatividade.

Temos prazer quando olhamos as crianças brincando, quando correm, quando fazem alguma travessura.

Prazer também está relacionado a ser intelectualmente desafiado e enfren­tar estes desafios.

Quando nos perguntam sobre a nossa satisfação com a vida, nossas respostas mudam de acordo com o nosso humor daquele momento. Se estamos em um momento positivo, conseguimos olhar para o passado com mais leveza, e projetar o futuro e desfrutar do presente.

As emoções positivas têm um grau de importância enorme que vai muito além do que gerar um sorriso, ajuda a nos sentirmos melhores, a termos um melhor um melhor desempenho nas nossas tarefas, além de aumentar a nossa saúde física, reforçando os laços de amizades e relacionamentos afetivos.

Fortalece nossos relacionamentos, nos inspirar a sermos mais criativos e olharmos para o futuro com otimismo e esperança.

Todos nós já vivemos experiências boas e outras nem tanto em nossas vidas, e ao focar nos pontos fracos estamos reforçando nossos pontos a melhorar, permanecendo na mesma roda viva de “quase” gerando uma sensação negativa para nós mesmos.

Se somente olhamos pelo o que já passamos com pessimismo a tendência é que fiquemos tristes, desanimados e sem perspectivas.

E ao imaginarmos o futuro, enxergando somente preocupações e perigos, desenvolveremos ansiedade e resultados não favoráveis. Por isso, é muito importante reconhecer as emoções positivas que temos, aproveitando o estado do Agora, o presente, sem a preocupação de arrependimento.

Uma grande parcela das pessoas tem a tendência de esperar sempre o pior, só conseguindo ver o lado negativo, muitas vezes evitando situações para não correr riscos.

A pergunta que devemos nos fazer é:

O que faz com que nos sintamos bem?

A resposta dessa pergunta é a virada de chave para experi­mentarmos essa sensação, e termos a certeza de que sempre haverá tempo e oportunidades em nossas vidas para nos sentirmos bem.

Engagement (Compromisso/Engajamento)

Aqui estamos falando do estado de FLOW que, na dimensão de absorção, aproxima-se de engagement (compromisso), que representa um estado de atenção focada, caracterizada por uma mente clara em harmonia com o corpo, concentração sem esforço, perda de autoconsciência, atemporalidade e prazer intrínseco, foi Mihaly Csikszentmihalyi, um dos fundadores da Psicologia Positiva, quem definiu o FLOW.

Quando estamos ociosos, sentimo-nos inúteis e entediados.

Quando estamos envolvidos com as nossas vidas e o nosso trabalho, nos ocupando fortemente, ganhamos impulso e foco, entrando em estado de Flow. Foco é a palavra certa para descrever o estado de compromisso, pois ao focarmos na realização de uma determinada atividade esquecemos de tudo que nos cerca. Quando se está absorvido, você é um com o objetivo.

Grande parte do trabalho da Psicologia Positiva é identificar e cultivar nossas forças, virtudes e talentos.

A teoria de Csikszentmihalyi, afirma que quando nossos talen­tos e pontos mais fortes encontram as demandas que passamos, o trabalho começa a fluir. Quando as identificamos, consciente e in­conscientemente, nos engajamos no trabalho e nas atividades que nos fazem sentir mais confiantes, produtivos e valorizados. Po­demos aprender e desenvolver habilidades para sentirmos alegria e focarmos no presente.

Relationship (Relacionamento)

O ser humano depende de pessoas ao seu redor para auxiliar a manter o equilíbrio na vida. Quando ficamos sozinhos, é muito comum perdermos a perspectiva sobre o mundo, e não compartilhamos os problemas e pensamentos. Mas quando permitimos que outras pessoas se aproximem, começamos a transformar esse quadro e a nos ver em um relacionamento saudável onde, há confiança e troca de sentimentos recíprocos.

Uma relação positiva é construída com o tempo, e é importante essa construção gradativa e a manutenção diária dessas relações.

Há muitos relacionamentos perigosos, que são baseados em uma “via de mão única”, onde somente um recebe, ou também relacionamentos que geram dependências.

A chave para qualquer relacionamento é o equilíbrio, escutar e compartilhar, fazendo esforços para continuarmos conectados, e sempre trabalhando em prol da solidificação desses relacionamentos.

Meaning (Significado ou Propósito)

O real sentido da felicidade, de acordo com o psicólogo Rollo May, vem de criar e fazer a vida ter mais sentido, ao contrário da busca do prazer e da riqueza.

Atingimos o nosso melhor quando nos dedicamos, servimos e pertencemos a algo maior do que a nós mesmos, podendo ser na fé, no ambiente de trabalho, familiar, político, e até mesmo humanitário.

Tendo essas conexões com algo maior, estamos construindo um arsenal forte e eficaz contra a depressão ou quaisquer outros tipos de doenças.

Pesquisas mostram, por exemplo, que as pessoas com uma espiritualidade bem desenvolvida, em geral têm vidas mais significativas, pois acreditam em algo maior que elas mesmas. É de suma imporância também sentir que o trabalho que realizamos está intimamente relacionado como os nossos valores e crenças pessoais.

Diariamente, se nós acreditamos que nosso trabalho é útil e importante, sentiremos uma sensação de bem-estar, e confiança que estamos usando nosso tempo e nossas habilidades para o bem, e que somos os melhores para aplicar talentos e pontos fortes a serviço desta missão.

Accomplishment (Realizações)

Ter objetivos claros em nossas vidas, por menores que sejam, como a leitura por uma hora, diariamente, ou arrumar um cômodo da casa e fazer esforços para alcançá-los, são fundamentais para o bem-estar e felicidade.

Esta realização ajuda a aumentar a autoestima proporcionando uma sensação de plenitude.

As realizações podem acontecer também quando olhamos para o nosso passado e pensamos “Eu fiz isso, e fiz bem”. É o sentimento de realização e sucesso, pois ao olharmos o passado de sucesso e conquistas, nos ajuda a construir um futuro otimista.

Quando você se sente bem consigo mesmo, você está mais disposto a compartilhar habilidades e segredos com os outros. Você se sente disposto a trabalhar mais e atingir muito mais resultado quando novas oportunidades surgem, inspirando quem está ao redor para alcançar seus objetivos.


Psicologia Positiva

#desenvolvimentohumano #carreira #equipe #desenvolvimentopessoal #psicologiapositiva #pessoas #líder #qualidadedevida #realizaçãopessoaleprofissional #sucesso #autoconhecimento #gestãodepessoas #coaching #propósito

Posts Em Destaque